O que andam falando do livro (2)

Citações: 
"Quanto mais em paz nós estamos com nós mesmos, mais fácil é para Deus nos usar para tocar outras pessoas".
"Jesus não fala da Igreja como de um lugar aonde se vai, mas como um modo de viver na relação com Ele e com os que O seguem".
Ficção para pensar...
Lido em 2009.
Ótima leitura!
 
Josenilton Pinheiro, no Blog do Jó

4 comentários:

vini disse...

Achei o livro muito repetitivo!
usa demasiadamente as expressões "há 2 mil anos" e "suspenso no ar".
Algumas perguntas aparecem várias vezes no decorrer da narrativa.
A história é muito monótona. O livro todo se passa entre o diálogo de dois personagens centrais, Jake e João.
Nem havia chegado ao meio do livro e já estava enjoado de toda aquela história.
Nada acontece. Não há ação, não há emoção e muito menos mistério. Nem mesmo um único ápice em toda a narrativa.
Aprovo a tentativa do autor de tentar instigar o leitor a refletir sobre aspectos de sua espiritualidade, da igreja e da religiosidade.
Só para constar: não sou filiado a instituição alguma.

by ¢leiton disse...

Gostei do livro e acho que, diferente do "vini", o autor foi correto em contar a história como se pudessemos estar vivendo em nosso dia-a-dia sem muitos rodeios nem mistérios focando em algumas coisas (que são repetidas) que não nos faz esquecer e que são bem importantes.

RODRIGO PHANARDZIS ANCORA DA LUZ disse...

Também achei o livro repetitivo e os autores poderiam ter explorado melhor a arte da dúvida, mas assim mesmo achei muito interessante o ponto de vista deles exposto nos diálogos pois nos ajuda a pensar sobre como estamos vivendo a Igreja.

Palestrante Maurio Maciel disse...

Acabei de inaugurar meu blogger que chama-se Porque você não vai mais a igreja? Li o livro e quero dizer que fazem 25 anos que tenho essa visão da igreja e ela não mudou muito de lá pra cá, o que vejo é um aumento de ensinos que cada vez mais afasta as pessoas da presença jenuina de Deus e do seu amor incondicional.
O maior problema é que os liferes não compreenderam ou se fazem de desentendidos em relação ao que foi realizadoe feito por Jesus antes, durante e depois da cruz.
Que todos leiam esse livro e passem a refletir sobre o que o amor de Deus representa desse a criação do mundo. Com amor do Pai, seu servo e amigo em Cristo. Maurio Maciel - Palestrante e escritor.

http://porquevocenaovaimaisaigreja.blogspot.com/